domingo, fevereiro 1

Terrible Angels



[...]

"Oh if every angel's terrible
Then why do you watch her sleep
You love to hear her sing
And wear purple eyes like rings
Well the flowers have no scent
And the child's been miscarried

Oh every angel's terrible
Said Freud and Rilke all the same
Rimbaud never paid them no mind
But Jimmi Morrison had his elevators
His elevators
He had his elevator angels
If every angel's terrible
Why do you hide inside her.
Like a child in a skirt

The supermarket's loud and bright
And boy don't she feel warm tonight
Boy don't she feel warm tonight
If every angel's terrible..."

1 comentário:

Marcos Satoru Kawanami disse...

Será que Freud estava certo?
Um amigo dele, escreveu-lhe uma carta de Londres pedindo ajuda por estar viciado em morfina. Aí, o Freud lhe receitou injeções de cocaína. Logo após iniciar o uso da referida droga, esse seu amigo inglês morreu.
Eu acho que em nada podemos generalizar, a princípio. No caso das crianças, são tábula raza: têm a predisposição genética, claro, mas o meio-ambiente será fundamental para a formação da personalidade.
Eu fui uma criança ingênua, e sou um adulto ingênuo até hoje, apesar de o meio ter me deixado precavido de certos perigos inerentes à excessiva ingenuidade.
Quanto aos anjos, não sei. O catecismo católico diz que há os bons e os maus. Consoante, há pessoas de caráteres e personalidades várias.

beijó(K)awanami
=D